Terça-feira, 15 de Março de 2005
Enquanto o mundo dorme
Vejo as luzes que vivem
Enquanto o mundo dorme
E nada há que o transforme
Seja ele antigo ou jovem

Enquanto o mundo dorme
Estou acordada numa nuvem
À espera do son[h]o que vem
Antevendo algo de enorme

E nada há que o transforme
Um viver que me convém
Recebendo o que dele advém
De sorriso nos lábios conforme

Seja ele antigo ou jovem
Haverá alguém que o informe
A esse mundo que ainda dorme
Do belo sonho que dele provém?
publicado por ridufa às 04:42
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De ridufa a 16 de Março de 2005 às 07:37
António: E o sol nasce uma vez mal, agraciando aqueles que no mundo acordam e sonham ;) bjs
De ridufa a 16 de Março de 2005 às 07:36
analfabruto: E ainda bem que assim é... como se diz na Pedra Filosofal "quando o Homem sonha, o mundo pula e avança"... o que é um bom prenúncio se o próprio mundo sonhar... ;) Bjs
De Antnio a 16 de Março de 2005 às 07:35
Quando o mundo dorme sente-se mais a "alma do mundo" onde milhões de sonhos se juntam na esperança de um novo amanhecer. bj
De ridufa a 16 de Março de 2005 às 07:33
Carlos Tavares: Bons sonhos ;) Bjs
De ridufa a 16 de Março de 2005 às 07:24
0ranginha: Há outra forma de viver? ;) bjs
De ridufa a 16 de Março de 2005 às 07:23
testing: Memórias que revivo com frequência quando o ritmo de vida assim o exige ;) Bjs
De analfabruto a 16 de Março de 2005 às 02:40
enquanto o Mundo dorme ele prepara-se para acordar, para depois voltar a dormir.O Mundo talvez não saiba, mas passa a vida a sonhar
De Carlos Tavares a 16 de Março de 2005 às 00:29
Estava aqui num diema e tu ajudaste-me... vou dormir! :-)
De 0ranginha a 15 de Março de 2005 às 22:42
Enquanto o mundo dorme...tou eu de castigo..deveras cansada...Apenas aqui passo para pedir mil desculpas pela minha ausência que já se prelonga para lá de semanas...
Com desculpas agrafo beijos que espero que se reflitam na beleza do teu poema...porque tu não escreves com os dedos,tu escreves e ditas a tua vida com a alma!! *kisses*
De testing a 15 de Março de 2005 às 18:40
Fez-me lembrar como seria o mundo sem noite e a noite sem sono. Recordar os prédios imóveis e silenciosos numa madrugada e as pessoas encaixotadas a dormir, uma memória.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds