Sexta-feira, 11 de Março de 2005
Pura ficção
Dedos estreitos a alcançar
O que a mente há muito atingiu
O que o coração há muito exigiu
Dedos estreitos a abraçar

[...]

Mãos ternas de leves toques
Seladas por contrastes de luz
Contornos que pela vela seduz
Mãos ternas de retoques

[...]

Pele suave respirando emoção
Por cada minuto que passa
Por cada hora que ultrapassa
Pele suave de fictícia sensação
publicado por ridufa às 13:37
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De ridufa a 14 de Março de 2005 às 07:17
Ana: A seu tempo encontrarás... nunca desistas de procurar por elas ;) Bjs
De ridufa a 14 de Março de 2005 às 07:16
o5elemento: Grata pelo mimo, descrevendo momentos de pura ficção ;) Bjs
De ridufa a 14 de Março de 2005 às 07:11
Sónia: Boa imagem de pura ficção ;) Bjs
De Ana a 13 de Março de 2005 às 23:21
Preciso de mãos ternas de leves toques*
De o5elemento a 13 de Março de 2005 às 21:56
{ … hoje deixo só um mimo: “caminho [eu] em teus momentos [descritos; de alma]; [mas] em teu corpo [desejo] e de momentos [agrado] caminho [nele] imerso [dependo]” © o5elemento … }
De Snia a 12 de Março de 2005 às 23:13
deixo beijinho e letras
"de trémulas pernas, mãos
e letras (todas)
a anunciação pela boca
em lábios pêssego
e em noites de nata..."
De ridufa a 12 de Março de 2005 às 09:11
sandra: Ficção que se confunde com realidade a cada minuto que passa, a cada hora que ultrapassa ;) Bjs
De sandra a 11 de Março de 2005 às 22:45
Ao ler isto não parecia ficção mas sim pura realidade, versos cheios de toques pessoais! Gostei muito! Beijinhos. Visita-me!
De ridufa a 11 de Março de 2005 às 22:04
PaperFlower: E não será a ficção desejos [in]conscientes da realidade? ;) Bjs
De PaperFlower a 11 de Março de 2005 às 20:53
Toques fictícios que o coração há muito pede e a mente há tanto tempo imagina**

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds