Terça-feira, 1 de Março de 2005
Ansiedade
...Sufoca-me o espaço que o tempo aperta...
publicado por ridufa às 07:47
link do post | comentar | favorito
|
22 comentários:
De ridufa a 4 de Março de 2005 às 13:08
exactu: Porque como dizes na tua luz de tecto... também é possível ansiar e desejar sentado em espera ;) Bjs
De exactu a 4 de Março de 2005 às 11:05
{ ... desejo veemente, inquietação de espírito © exactu ... }
De ridufa a 2 de Março de 2005 às 21:05
dhmpr: As minhas palavras não são oráculos, mas penso que a ansiedade nelas transcrita poderá ter correspondência à crítica ;) Bjs
De dhmpr a 2 de Março de 2005 às 18:30
"Her anxiety is both a poetic anxiety and a natural anxiety, a fear of being overcome by a babel of voices and by silence, for nature and the tradition mirror each other in her allegorical universe"
Excerto extraído de uma crítica (de alguem que agora não me recordo o nome ehhehe) a um poema líndissimo chamado "On the Decline of the Oracles" de Sylvia Plath :)
De ridufa a 2 de Março de 2005 às 11:31
Vulcão: Inevitável e desejável, ainda que não a compreendamos ;) bjs
De Vulco a 2 de Março de 2005 às 10:32
Muitas vezes sofremos por antecipação, porque sabemos que o tempo "aperta" sim... A ansiedade é quase e muitas vezes inevitável. Bjs
De ridufa a 2 de Março de 2005 às 07:24
Gonçalo Mira: Penso que mesmo aí, ele arranjará uma maneira de nos dar a volta... nem que seja pelo cansaço ;) Bjs
De Gonalo Mira a 1 de Março de 2005 às 23:52
O Tempo. Esse eterno vilão que nos há-de subjugar sempre. (Até ao dia que inventemos uma máquina que o subjugue a nós)

Gostei! Beijinhos **
De ridufa a 1 de Março de 2005 às 22:32
B: Sufoco humano, natural e compreensível... mas com mil e uma soluções... ;) Bjs
De ridufa a 1 de Março de 2005 às 22:31
Carriço: Exageras na importância que dás às minhas palavras... que como tudo o que existe tem o seu tempo... existem, pelo menos, enquanto permanecerem nas nossas [efémeras] memórias ;) bjs

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds