Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2005
Vidas de espera
Vidas de espera em vão
Que o céu toque no chão
E apresente novo horizonte

Vidas de espera de então
Que o amor toque o coração
E daí nasça uma nova fonte

Vidas de espera de emoção
Que as almas vejam solução
E novo caminho surja defronte
publicado por ridufa às 13:16
link do post | comentar | favorito
|
28 comentários:
De ridufa a 23 de Fevereiro de 2005 às 13:37
Maria: Obrigada pelas palavras de apoio. Aguardarei uma próxima visita ;) bjs
De ridufa a 23 de Fevereiro de 2005 às 13:36
TemposPerdidos: Thanks ;) bjs
De Maria a 23 de Fevereiro de 2005 às 13:05
Está muito lindo este poema. Voltarei mais vezes para visitá-la. Cumprimentos.
De TemposPerdidos a 23 de Fevereiro de 2005 às 12:43
Just perfect!
De ridufa a 23 de Fevereiro de 2005 às 07:28
pipetobacco: Todos esperamos algo, ainda que nem sempre seja claro aquilo por que esperamos... ;) Bjs
De pipetobacco a 22 de Fevereiro de 2005 às 20:42
{ ... em tuas palavras embriagado estou eu que nem posso esperar este contar, que sei, que vou ganhar nesta inocência e esperança, neste medo do que se vai desenrolar e consagrar © pipetobacco ... }{ beijos* }
De ridufa a 22 de Fevereiro de 2005 às 16:10
Vulcão: Exacto... saber esperar é uma virtude. Quantas vezes não se desperdiçam oportunidades por não saber esperar ;) Bjs
De ridufa a 22 de Fevereiro de 2005 às 16:09
sandra: Mas ao aproveitarmos a vida, estamos a caminhar em direcção do que queremos, uma vez que escolhemos o percurso que nos traz maior proveito [pelo menos teoricamente] ;) Bjs
De Vulco a 22 de Fevereiro de 2005 às 15:57
E a espera nem sempre é má, pelo contrário ;) Muitas vezes somos recompensados! Bjs
De sandra a 22 de Fevereiro de 2005 às 14:43
Há que saber esperar, mas ir aproveitando o que vida nos vai dando, enquanto não encontramos aquilo que queremos! Beijinhos!

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds