Sábado, 29 de Janeiro de 2005
De vela acesa
Outras noites tantas
As que acendo uma vela
E me sento junto à janela
Vendo o meu reflexo nela

Tantas noites outras
As que vagueio pelo mundo
Sem conseguir ver o fundo
No sentir e pensar profundo

Outras tantas noites
As que na chama concentro
Como sendo parte de dentro
Da vela, sendo o seu centro
publicado por ridufa às 14:36
link do post | comentar | favorito
|
24 comentários:
De ridufa a 31 de Janeiro de 2005 às 21:13
António: Vela... pequena... mas sempre presente... como tantas coisas na vida ;) Bjs
De ridufa a 31 de Janeiro de 2005 às 20:55
Ana: E tanto se aprende quando a companhia do vaguear é uma vela ;) Bjs
De ridufa a 31 de Janeiro de 2005 às 20:54
© in[culto]: De alma acesa... porque não a [me/te] conheço de outra forma ;) Bjs
De ridufa a 31 de Janeiro de 2005 às 20:53
Nuno: Não tenciono parar. Obrigada pelas palavras simpáticas ;) Bjs
De Antnio a 31 de Janeiro de 2005 às 19:44
Lus trémula pequenina/ de esperança virgem / os peregrinos é farol / na procura do caminho. Belo o que escreveste. bj
De Ana a 31 de Janeiro de 2005 às 17:02
As vezes tambem me sinto a vaguear na noite*
De in[culto] a 31 de Janeiro de 2005 às 16:12
{ ... e tantas noites [te;me] vejo [assim] á janela [de alma acesa] © in[culto] ... }{ beijos* }
De Nuno a 31 de Janeiro de 2005 às 16:02
Continua a escrever assim... gostei do teu blog!

espero que gostes do meu: http://cem-ideias.blogspot.com
De ridufa a 31 de Janeiro de 2005 às 11:03
Carlos Tavares: Acho que há uns tantos no início [há uns meses atrás... :p] ;) Bjs
De Carlos Tavares a 31 de Janeiro de 2005 às 10:21
Finalmente umas palavras que coincidem na perfeição com o nome do blog.... :-)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds