Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2005
Lutas internas
Vencida pela rebeldia
Que transmite no olhar
Que não hesita em molhar
Os sonhos sonhados um dia

Vencida pela cobardia
Que mostra no seu andar
De quem se deixa quedar
Como o caminho já pedia

Vencida por toda a falsídia
De realidades mil a inventar
Das suas fantasias aguentar
Na vida própria do dia-a-dia

Ganha pela paródia
De novos rumos a trilhar
De alma e coração [me] dar
E maus augúrios a afugentar
publicado por ridufa às 13:14
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De ridufa a 12 de Janeiro de 2005 às 14:56
wearetwo: É com as derrotas que mais se aprende... não me importo de ser derrotada... porque quando me levanto de uma derrota, sou muito mais forte ;) Bjs
De wearetwo a 12 de Janeiro de 2005 às 14:39
Vencida, mas não convencida. A derrota não existe para mim. Adiante....
De ridufa a 12 de Janeiro de 2005 às 09:04
de[mente]: Obrigada pelo elogio nas palavras que, pela paródia que têm, são tão sérias e sentidas como quaisquer outras ;) Bjs
De de[mente] a 12 de Janeiro de 2005 às 00:17
{ ... decerto paródia não existe nestas tuas palavras, pois de belas [e bem] as encontro escritas © de[mente] ... }{ beijos* }
De ridufa a 11 de Janeiro de 2005 às 13:14
Maria Branco: É assim a vida. De outra forma perderia a graça ;) Bom dia para ti também. Bjs
De ridufa a 11 de Janeiro de 2005 às 13:12
menina_marota: A verdade está no que a alma quer acreditar. Um poema pode ter mil e uma interpretações, a alma escolhe aquela que se assemelha à realidade que conhece melhor ;) Bjs
De ridufa a 11 de Janeiro de 2005 às 13:10
Carlos Tavares: Se não mantivermos a paródia nas nossas vidas, só teremos a perder... ;) Bjs
De Maria Branco a 11 de Janeiro de 2005 às 12:32
Umas vezes vencida, outras vencedora..
Um beijo grande Ri. Desejo de um dia muto feliz!
De menina_marota a 11 de Janeiro de 2005 às 12:26
Um conjunto que por vezes é explosivo. Gostei do poema pela verdade que encerra. Beijo :-)))
De Carlos Tavares a 11 de Janeiro de 2005 às 11:31
Quem diria que a simples paródia levaria por vencida a rebeldia, a cobardia e a falsídia...

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds