Sábado, 1 de Janeiro de 2005
Sonho na ideia
Sonho na ideia
Sem saber para onde ir
Na vida real têm termo
Na alma apenas um termo
Sem saber que aspirar
Na riqueza não faz sentido
No pobre de coração sentido
Sem saber o que amar
Na ânsia dos desejos que vão
Na alegria e tristeza em vão
publicado por ridufa às 21:38
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De ridufa a 3 de Janeiro de 2005 às 18:31
o5elemento: E não será tudo um sonho? ;) Bjs
De o5elemento a 3 de Janeiro de 2005 às 18:00
{ ... #2 em teu leito sonho
amor
em teu corpo cheiro
flor
em teu jeito
dor
© biquinha ... }{ beijos* }
De ridufa a 3 de Janeiro de 2005 às 09:54
Chaladinha: As palavras ganham o[s] sentido[s] que a alma procura... :) Obrigada pelas palavras simpáticas ;) Bjs
De ridufa a 3 de Janeiro de 2005 às 09:50
lique: Sem o sonho não é possível abrir novos caminhos... ou se o é... faltará sempre algo a esses caminhos ;) bjs
De Chaladinha a 3 de Janeiro de 2005 às 00:56
A vida é isso mesmo um jogo de palavras sem sentido e que no seu conjunto fazem o sentido de um coração perdido pelos dias que a vida tem!!! Feliz 2005 e parabéns pelo blog, é lindo!!!
De lique a 2 de Janeiro de 2005 às 17:57
Os sonhos abrem-nos caminhos mesmo que não tenhamos certezas. Gostei do jogo com as palavras. Beijinhos, amiga.
De ridufa a 2 de Janeiro de 2005 às 10:45
Monica: Obrigada pelas tuas palavras :) Bom ano ;) Bjs
De ridufa a 2 de Janeiro de 2005 às 10:42
Miguel: Os sonhos são livre na ideia de pertencerem a uma alma... são inseparáveis... :) Bjs
De Monica a 2 de Janeiro de 2005 às 00:39
:) Um bela forma de começar 2005 com um dos teus belos textos. Um óptimo ano cheio de coisas boas, beijokas****
De Miguel a 2 de Janeiro de 2005 às 00:27
Que bela forma de começar 2005… Que as ideias solidifiquem, que os sonhos se emancipem. Beijinho R.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds