Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2006
Ideias sem tempo
Acordam fechando pálpebras
Ideias, exibem-se mais adiante
Em sonos chegam como ilécebras
Ideias, numa confusão assediante

Dormem abrindo [a] vista
Num corrupio sem tempo
Sem sequer passar revista
Como sendo mero passatempo

["E dizes que a vida está lá fora
Passou a minha hora"

Clã/Xutos e Pontapés in Conta-me Histórias]
publicado por ridufa às 17:42
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De ridufa a 16 de Fevereiro de 2006 às 12:30
paulo povoa: Obrigada ;) bjs
De paulo povoa a 15 de Fevereiro de 2006 às 14:34
Por isso é que sempre venho aqui, para ver onde as tuas ideias te levam, e para ver onde te levam os teus sentimentos :)
De ridufa a 15 de Fevereiro de 2006 às 13:25
Terduraes: E acalmar para quê se é esse o teu ritmo normal? ;) Bjs
De ridufa a 15 de Fevereiro de 2006 às 13:24
McClaymore: Tentarei ;) bjs
De ridufa a 15 de Fevereiro de 2006 às 13:23
analfabruto: eheheh ;) bjs
De ridufa a 15 de Fevereiro de 2006 às 13:23
paulo povoa: O que é a vida senão a vivência de uma ideia depois da outra? ;) bjs
De Terduraes a 14 de Fevereiro de 2006 às 10:21
Procurei nos meus poetas todos mas não encontrei o poema que queria. Não estou com inspiração para te devolver um outro. Ficou-me a música, a batida, os sonhos que advêm. Malvada! Não se faz, muito menos a uma mulher casada! Acabei por fazer um post no meu blog de Eugénio de Andrade. Naif o quanto basta. Necessário reduzir o ritmo. Até que acalme....

De McClaymore a 12 de Fevereiro de 2006 às 12:52
Podes continuar a iluminar a nossa alma...
De analfabruto a 10 de Fevereiro de 2006 às 15:26
"ilécebras" o analfabruto hoje vai aprender uma palavra nova... lá tenho de ir buscar um dicionário... aliás, o analfabruto vai fazer um poema com a palavra ilécebras...
De paulo povoa a 10 de Fevereiro de 2006 às 10:56
E são estas ideias que surgem que fazem nossa vida ser o que ela é, e as ideias são passatempos, pois podemos ter uma ideia hoje, e a amanhã teremos outra e esquecemos a que tivemos primeiro.
E graças às ideias, tu tens sempre uma que é uma felicidade, que é teres a ideia de escrever :)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds