Terça-feira, 2 de Novembro de 2004
Nova brisa
Votos deitados na brisa
Rodeia novos pensares
Tão segura e tão precisa
Fresca, livre e profetisa
Em jeito de novos ares

Brisa que corre ligeira
Rodeia novos sentires
De loucuras é feiticeira
Na escolha é certeira
Nos eternos ressentires
publicado por ridufa às 17:48
link do post | comentar | favorito
|
32 comentários:
De ridufa a 3 de Novembro de 2004 às 21:50
Maria Branco: Muitas vezes apenas precisamos de uma pequena brisa... e tudo muda ;) Bjs
De Maria Branco a 3 de Novembro de 2004 às 21:22
Apetece-me abrir os braços, oferecer o rosto à brisa, e deixar-me envolver por ela e por tudo o que de novo ela me sussurra. Um beijo grande Ri...
De ridufa a 3 de Novembro de 2004 às 16:52
alexandra: Assim será se a brisa o permitir ;) Bjs
De alexandra a 3 de Novembro de 2004 às 16:44
E que essa brisa sopre suavemente... que a luz da tua vela não se apague e assim, na melodia das tuas palavras, continue a embalar os meus pensamentos. Um beijo com carinho :*
De ridufa a 3 de Novembro de 2004 às 16:08
lique: Andamos sempre ao sabor de brisas... ora quentes ora frias... e assim vamos vivendo ;) Bjs
De lique a 3 de Novembro de 2004 às 15:33
Que bom é sentir uma nova brisa que "rodeia novos sentires". É assim, ao sabor da brisa ligeira, que a vida se aproveita. Beijinhos, amiga.
De ridufa a 3 de Novembro de 2004 às 14:23
Monalisa: A brisa envolve-nos e deixa-nos novos ares para respirar ;) Bjs
De Monalisa a 3 de Novembro de 2004 às 13:51
Envolventes também as tuas palavras...como sempre.
Beijos.
De ridufa a 3 de Novembro de 2004 às 12:34
Carlos: Sempre bem-disposto... eu não tenho direito a essas brisas... só em casa ;) Bjs
De Carlos tavares a 3 de Novembro de 2004 às 11:57
Brisa? Tenho uma brisa aqui no escritório mas está direccionada para os pés e é bem quentinha... brrrr! Que frio!

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds