Quarta-feira, 27 de Outubro de 2004
Sou
Sou
[Sou]

Já me canso pelo ser
[Ser sem razão de ser]

Por não existir o que é
[É o que não quer parecer]

Saudades eternas o são
[São infinitas por o merecer]

Por não sentir o que somos
[Somos... nada temos a perder]
publicado por ridufa às 20:14
link do post | comentar | favorito
|
32 comentários:
De ridufa a 2 de Novembro de 2004 às 01:03
alexandra: Nem sempre acreditamos que somos fortes para aguentar situações da nossa vida... quantas vezes estamos disponíveis para os outros, ajudando-os em momentos menos fáceis e que não nos aguentamos em situações semelhantes que nos aconteçam... ;) Bjs
De ridufa a 2 de Novembro de 2004 às 01:01
Maria Branco: Ser é mais que respirar... é como tu dizes - viver. ;) Bjs
De alexandra a 1 de Novembro de 2004 às 23:46
E quantas vezes infinitas sentimos tantas coisas menos aquilo que realmente somos (somos capazes!). Poema repleto de força, de vivacidade e de tudo aquilo que és e que também me fazes sentir! Obrigado; um beijo :*
De Maria Branco a 1 de Novembro de 2004 às 19:25
Ser.. É viver! Um beijo Ri...
De ridufa a 29 de Outubro de 2004 às 10:14
monica: Cada pessoa é um mundo... estou longe de conhecer todo o meu Universo, mas admiti-lo já é um passo para o compreender ;) bjs
De monica a 29 de Outubro de 2004 às 10:03
De um poema com poucos versos conseguiste transmitir a tua essência e mostrar quem és . Tens plena consciência do que és , quem és e isso é um passo enorme para conheceres os outros. beijos
De ridufa a 29 de Outubro de 2004 às 09:34
Gonçalo Mira: Gostava de acreditar que fôssemos mais ainda... ;) bjs
De Gonalo Mira a 28 de Outubro de 2004 às 21:41
Tu és, eu sou. É bom ser, ser sempre. Há quem não seja e por isso não vive, deambula por aí. Ainda bem que há muitos como nós, que são * bjs
De ridufa a 28 de Outubro de 2004 às 18:45
Rato: Nem mais... não seríamos os mesmos se assim não fôssemos ;) bjs
De Rato a 28 de Outubro de 2004 às 18:44
Ainda bem que és quem és e eu sou quem sou para sermos quem somos!

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds