Quarta-feira, 6 de Outubro de 2004
Temperança
Vidas... tempero a lágrimas
Salgadas como se desejam
Condimentadas pelos beijos
Adocicadas de chorar a mais

...Tempero em temperança...
...Espero sem nada esperar...
...Efémero o desejar e sentir...
...Mero achar sem o querer...
publicado por ridufa às 12:43
link do post | comentar | favorito
|
20 comentários:
De ridufa a 7 de Outubro de 2004 às 13:40
dhmpr: É o tempero da vida e da alma... que nos ama e faz sofrer... que nos guia e nos faz sentir... que nos abraça e deixa viver ;) Bjs
De dhmpr a 7 de Outubro de 2004 às 12:59
Tão bonito este teu poema... :)
Muito bem temperado com o sabor de lágrimas, beijos, pleno de desejos e sentires...
Gostei muito...

"As lágrimas têm sabor...
que nem sempre é o da dor.
Muitas vezes sentem o calor,
e adquirem uma cor...
a cor do amor"
(extraído de um pequenino poema meu)
De ridufa a 7 de Outubro de 2004 às 11:31
Betty: Sempre ouvi dizer que a esperança é a última a morrer... ;) Obrigada pelas tuas palavras. Bjs
De Betty a 7 de Outubro de 2004 às 11:15
Tempero qb num poema que se quer de esperança. Gostei. Beijinhos :)
De ridufa a 7 de Outubro de 2004 às 01:11
†Profetiza†Morta†: São o tempero da vida, o que lhe dá sabor, e o que lhe dá saber [viver] ;) bjs
De ridufa a 7 de Outubro de 2004 às 01:09
Estrela do mar: Temperos sem os quais não existiria temperança numa vida que se quer plena ;) Bjs
De ProfetizaMorta a 7 de Outubro de 2004 às 01:06
As lágrimas são o tempero da vida e da esperança... muito bonito o poema. Bjs***
De ridufa a 7 de Outubro de 2004 às 01:05
almaro: As minhas lágrimas têm a cor da alma, pois é a alma que as verte e sente... obrigada por as achares coloridas ;) Bjs
De Estrela do mar a 7 de Outubro de 2004 às 01:05
Deste teu jogo de palavras tão espectacular concordo contigo quando dizes que as vidas são salgadas, condimentadas e adocicadas...de lágrimas, de dor, de beijos... São alguns dos temperos da "nossa" vida.
Um beijinho*.
De ridufa a 7 de Outubro de 2004 às 01:04
Maria Branco: A vida sem surpresas é seca e sem sabor... temos de a temperar com temperança e graça (dentro do possível) ;) Bjs

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds