Sábado, 18 de Setembro de 2004
Dor da alma
... Tudo se converge
A mente já se acalma
Tudo que nela emerge
Resulta na dor da alma

... Intensa e sonhadora
Fala apenas por sinais
De gestos é inventora
Para mim, tão banais

O sonho...
Nem sempre tem as cores
Que imaginamos à partida
Vai inventando novos tons
Para pintar de novo a vida
publicado por ridufa às 23:03
link do post | comentar | favorito
|
32 comentários:
De ridufa a 23 de Setembro de 2004 às 11:18
sououtra: Há que pintá-la de todas as cores... para que a sintamos como nossa... livre ;) bjs
De sououtra a 23 de Setembro de 2004 às 01:55

Cor da alma…dor da alma… Se ao menos fosse fácil pinta-la.*
De ridufa a 21 de Setembro de 2004 às 00:42
.8.: O sonho relembra-nos que a vida existe... e que dentro do possível "mandamos" nela ;) bjs
De .8. a 20 de Setembro de 2004 às 21:50
.8. o sonho é um rasgo tão inconsciente tão intenso e dormente que nos mantêm e lembra enquanto consciente © .8. beijos* .8.
De ridufa a 20 de Setembro de 2004 às 14:32
angeleyes: Está combinado... ;) Bjs
De angeleyes a 20 de Setembro de 2004 às 14:09
Tá lindíssimo... mas isto já não é novidade nenhuma né. :P

Finalmente consegui ler os textos que perdi durante esta semana toda :)

E o que hei de dizer... continua a escrever que eu continuo a ler =D
De ridufa a 20 de Setembro de 2004 às 09:59
betania: As cores existem para serem pensadas... mas acima de tudo sentidas... seja em que área for... ;) Bjs
De ridufa a 20 de Setembro de 2004 às 09:58
souuma: Recorremos a novos tons quando as cores que conhecemos se começam a esbater... ;) Bjs
De ridufa a 20 de Setembro de 2004 às 09:57
MWoman: E para reinventar a vida existem os sonhos e a vontade... ;) Bjs. Boa semana.
De ridufa a 20 de Setembro de 2004 às 09:55
xana: Felizmente a dor não é eterna... ;) Bjs

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds