Sexta-feira, 17 de Setembro de 2004
Tudo e nada
Trechos de amizade
Gestos de afectividade
Sorrisos que escondem
Dores de logo e ontem

Ligações são criadas
Experiências veladas
Lágrimas que mostram
Solidões que prostram

Espaços invadidos
... Papéis invertidos
Reacções que tocam
Tempos que evocam

O nada resulta em tudo
Tudo se resume a nada

[Quase tudo...
...Ou quase nada]
publicado por ridufa às 15:35
link do post | comentar | favorito
|
38 comentários:
De ridufa a 21 de Setembro de 2004 às 00:41
.8.: Abraça-nos como se do todo se tratasse... esse vazio que engana com palavras doces ;) Bjs
De .8. a 20 de Setembro de 2004 às 21:45
.8. o nada é um vazio tão grande tão imenso que nos abraça enormemente © .8. beijos* .8.
De ridufa a 19 de Setembro de 2004 às 02:09
Cris: Concordo... se todos os dias fossem iguais não lhes daríamos metade do valor... ;) Bjs
De Cris a 19 de Setembro de 2004 às 01:13
Tanta volatilidade às vezes também cansa... mas que seria da vida se todos os dias fossem iguais e se sentissemos sempre da mesma maneira? Jinhos :)
De ridufa a 18 de Setembro de 2004 às 22:46
b: Daí a sua piada... se fossem fáceis e previsíveis não se seriam tão interessantes ;) Bjs
De ridufa a 18 de Setembro de 2004 às 22:45
Distante: Outras o nada sabe a tudo... ;) Bjs
De ridufa a 18 de Setembro de 2004 às 22:45
Carlos: Já antes se dizia - "Nada se perde, tudo se transforma" ;) Bjs
De ridufa a 18 de Setembro de 2004 às 22:44
Alma de Poeta: A vida é feita de extremos... quem nem sempre compreendemos... ;) Bjs para as Ilhas de céu e mar... :)
De ridufa a 18 de Setembro de 2004 às 22:42
o verdadeiro: A isso só tu saberás responder (ou não)... ;) Bjs
De ridufa a 18 de Setembro de 2004 às 22:41
Miguel: E esse tudo ou quase nada está presente em todas as relações que criamos com os outros e connosco próprios ;) Bjs. Bom fim de semana.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds