Sábado, 22 de Outubro de 2005
Folha
Folha solta, folha limpa
Que solta da árvore envolta
No ar ganha asas e grimpa

E caem às cem e às mil
Em tons de castanho e anil
[E a folha...]
Esquece-se que é frágil
Efemeramente dúctil

...Deixa[m] no chão um manto
Natural de encanto que recolta
De que eu gosto tanto, tanto

[...O Outono na sua plenitude de folhas no chão...]
publicado por ridufa às 20:24
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De ridufa a 29 de Dezembro de 2005 às 17:02
sofia: Tentei visitar-te mas o link não parece funcionar. Queria agradecer-te a visita ;) Boas festas. Bjs
De sofia a 4 de Dezembro de 2005 às 18:21
Ah, oceano feito de lembranças,
ouço em minha cabeça teu rugido
trazendo ondas tantas de saudade
de certos tempos, olhos e lugares.
São turvas essas águas do passado
mas claros são os gestos vindo à tona,
de um fantasma doce, mentiroso,
suas promessas vãs nas profundezas.

Levar a terra firme essa jangada
ao navegar, são as ordens de agora,
pedindo que o vento das marés
saiba arrastar consigo essa tristeza.
Guarda oceano, a fúria desta noite,
transforma essas lembranças em espumas


oi o teuh blog ta mt fixe emsmo mt bem organizado e com ideias mt originais..deves continuar a postar nesse tipo de textos axo mt interessntes e as imagens tmb tao fixes
kd puderes passa plo meu..nao ta tao bom como o teu mas irei melhorar..http://magoadaporti.blogs.sapo.pt
fica bem bjux fxx
De ridufa a 31 de Outubro de 2005 às 14:43
Carlos: :) Bjs
De ridufa a 31 de Outubro de 2005 às 14:41
stillforty: Outono... sem dúvida... estação preferida em folha(s) ;) bjs
De Carlos a 30 de Outubro de 2005 às 18:13
e nao há imagens mais bonitas do que essas... folhas em liberdade presas ao chão. um beijo :)
De stillforty a 28 de Outubro de 2005 às 20:53
O Outono é a minha estação preferida, a dos amores maduros, e a folha que cai e nos murmura o poema da paixão.
De ridufa a 26 de Outubro de 2005 às 08:15
docerebelde: Somos como folhas que voam e que não caem... ou pelo menos tentamos ;) bjs
De docerebelde a 25 de Outubro de 2005 às 21:27
Caem, rolam e assim ficam amarelecendo esquecidas. Quando rompe a Primavera............surge a nova folhagem e embelezam de novo as nossas florestas. Também assim acontece às nossas vidas (por vezes) "florescemos" de novo ..........Tudo de bom...........bjs
De ridufa a 23 de Outubro de 2005 às 15:37
Daniel Aladiah: Obrigada. Uma homenagem ao Outono de folhas caídas no chão ;) Bjs
De Daniel Aladiah a 22 de Outubro de 2005 às 21:29
Querida Ridufa
Belíssimo este poema...
Um beijo
Daniel

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds