Terça-feira, 20 de Julho de 2004
Apenas porque sim
Estar só no meio de gente
[Estar com gente no meio da solidão]
Querer alguém sem ter ninguém
[Querer ninguém tendo alguém]
Escrever só para libertar
[Libertar só para escrever]
Sentir só para não pensar
[Pensar só para não sentir]

Não querer escutar
Não querer olhar
Não querer tocar
Não por medo nem receio
Não por impulso nem capricho

Apenas porque sim

Não precisa de mais razão
Nem mesmo de mais emoção

Apenas porque sim

Não é para ser do contra
Nem é para fazer favor

Apenas porque sim

Não ter que satisfazer
Nem dar satisfação

Apenas porque sim

A liberdade tem um preço
Por vezes demasiado alto
publicado por ridufa às 11:59
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De ridufa a 21 de Julho de 2004 às 02:01
Monica: Obrigada pelo apoio. ;) Bjs
De ridufa a 21 de Julho de 2004 às 01:59
Nelson: Sem dúvida o segundo sentido... para mim, a minha liberdade termina no limite da liberdade do outro ;) bjs
De Monica a 21 de Julho de 2004 às 00:09
Pork sim é uma boa razao, a liberdade de escrita é muito importante e tu sabes bem aproveitar a tua. Adorei o teu texto, beijokas****
De Nelson a 20 de Julho de 2004 às 21:07
Vivermos no Mundo "apenas porque sim" pode levar a sermos egoístas ou orgulhosos e pensarmos só em nós na nossa liberdade e esquecemo-nos que também existe a liberdade das outras pessoas e que é bom ouvirmos... Não percebi muito bem qual dos dois sentidos querias dar com o post o que eu dei ou seja fazer as coisas à nossa maneira e mais nada ou o outro do viver com despreocupação viver sem pensar "apenas porque sim" e usufruir ao máximo da liberdade de todos....Beijocas***
De ridufa a 20 de Julho de 2004 às 19:54
Monalisa: Obrigada... faço os possíveis, mas nem sempre é fácil. ;) Bjs
De Monalisa a 20 de Julho de 2004 às 19:34
E a tua liberdade é muito bem utilizada. Beijinhos.
De ridufa a 20 de Julho de 2004 às 17:16
João Norte: É por isso que escrevo... para me libertar, para libertar aquilo que de outra forma não sai ;) Bjs
De Joo Norte a 20 de Julho de 2004 às 17:13
Escrever é uma boa forma de libertação. Libertar o que vai cá dentro.
De ridufa a 20 de Julho de 2004 às 16:39
oliveirinha: As pessoas têm sempre duas alternativas - ou lutam para a manter ou perdem-na facilmente. Interessante o eufemismo "aspecto cigano" ;) Bjs
De oliveirinha a 20 de Julho de 2004 às 16:35

A liberdade tem um aspecto " cigano " adapta-se ao tempo, às circunstâncias, às pessoas, e as pessoas adaptam-se a ela.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds