Quarta-feira, 23 de Junho de 2004
Pele e olhos castanhos
Numa altura de reflexão sobre a temática do racismo, um poema nasceu...

Porque te acusam a ti?
Sim, a ti?
Só porque a tua pele
Tem a cor dos meus
Castanhos olhos?

Acusam-te (por vezes)
Sem razão,
Só por puro preconceito...
...Porque querem acusar alguém!!!

Oh! Rapaz da cor dos meus olhos
Porque és tu quem é acusado
E não eu por também ter essa
Cor nos olhos?

Será que a cor é assim tão importante?
Tão decisiva e acusadora,
Tão sem regresso,
Tão triste!!!!

Sorri e mostra os dentes
Da cor da minha branca pele
E talvez não sejas acusado
Como eu não sou por ter
Olhos castanhos!!!!

28.05.2000

publicado por ridufa às 19:43
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De ridufa a 25 de Junho de 2004 às 14:48
LetrasAoAcaso: Não páras de me surpreender... também eu já fui jornalista... acho que nunca se deixa de ser, mas pelo menos profissionalmente já não sou :) Tinha acabado de fazer 20 anos quando o escrevi... e parece ainda tão actual... infelizmente ;) Bjs
De LetrasAoAcaso a 25 de Junho de 2004 às 13:28
Indigno-me com essas indignidades.

Enojam-me as xenofobias e os racismos.

Um poema de intervenção. Bem preciamos de poetas interventivos/as.

Os que havia, corropmperam-se com o Status quo.

Indignei-me ver Vitorino no programa do candidato a palhaço, Herman.

A propósito disso fiz um artigo de opinião. (sou jornalista)

Belo.

Ainda hoje serás linkada.
Beijos
De ridufa a 25 de Junho de 2004 às 05:42
Angel Sanctuary: Ainda bem que gostaste do poema... acho que os teus amigos estão certos... qual é mesmo o problema de namorar com pessoas de outras raças? :p Bjs
De Angel Sanctuary a 25 de Junho de 2004 às 00:26
tá mto lindo =) mas hoje em dia com tanta gente a correr para os solários para ficarem morenos...quero dizer, já não me lembro onde ouvi isto, mas acho que foi no filme em que se dizia que esta história toda do racismo derivava duma certa inveja por parte dos brancos, pk acho que ninguém no seu perfeito juizo diz k um mulato ou um negro é feio baseando-s apenas na cor de pele!
Mas cada vez mais assisto menos a esse tipo d racismo...hoje em dia (pelo menos no meu circulo d amigos) qq rapariga dava td pa tar com um mulato (pk geralmente sao lindos mm!) e ate os mais brankelas namoram raparigas mulatas ou mm pretas...a beleza da vida está na diferença, eu vejo beleza tanto numa pele branca do k numa preta... de qq forma parabens pelo poema, ta lindo * * *
De ridufa a 24 de Junho de 2004 às 10:40
Armando: Sim... é da minha autoria. Quando não são da minha autoria indico sempre a fonte. Obrigada. Volta sempre. ;) Bjs
De Armando a 24 de Junho de 2004 às 08:44
Se acaso este poema for de tua autoria e não plagiado........PARABÉNS!!!! Lindo!!!
De ridufa a 24 de Junho de 2004 às 08:10
Nelson: É pena que muitos não tenham aprendido "a simples arte de viver[mos] como irmãos". A vida é tão curta, tão mais bela quando partilhada e enriquecida de experiências, que acho que seria indispensável aprendê-la. ;) Bjs
De ridufa a 24 de Junho de 2004 às 08:07
MWoman: Desculpa se te baralhei... achei que estava na altura de mudar qualquer coisa, por mais insignificante que seja. A vida sempre em mudança... ;) Bjs
De ridufa a 24 de Junho de 2004 às 08:06
Maria: Bem sei que a vida não é fácil, mas quando deixamos que aspectos exteriores determinem a forma de pensar sobre o "conteúdo", tudo se torna injusto, e atrevo-me... menos humano. ;) Bjs
De Nelson a 24 de Junho de 2004 às 00:21
Olá ridufa!! Bonito poema parabéns ;) gostei imenso...sabes uma vez M. Luther King disse:"Aprendemos a voar como os pássaros, a nadar como os peixes; mas não aprendemos a simples arte de vivermos juntos como irmãos." ele tem a sua razão...Beijoca**

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds