Quarta-feira, 9 de Junho de 2004
À beira do abismo
Quando um amigo nos diz que quer morrer... cai-nos o mundo aos pés...

Como é possível que uma pessoa que nos é tão querida queira desistir da vida, assim... de um momento para o outro (ou talvez não).

É uma sensação de impotência, de auto-controlo, de tristeza por não saber como ajudar, de não saber o que fazer para não piorar as coisas.

É um vazio que fica e que nada pode alterar... uma sensação de egoísmo por sermos deixados, um sentimento de revolta por não o terem amado, por não ter sido feliz...

É uma mágoa que cresce, lenta e fortemente...
publicado por ridufa às 09:03
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De ridufa a 11 de Junho de 2004 às 02:59
MWoman: É fundamental manter a calma e a boa disposição, fazê-lo sorrir, fazê-lo perceber que não está só... obrigada pelo apoio. ;) Bjs
De ridufa a 11 de Junho de 2004 às 02:57
sosblogamigo: Obrigada pelo apoio... vou continuar a batalhar por cada dia que ele viver... cada dia é uma vitória :) Bjs
De ridufa a 11 de Junho de 2004 às 02:56
Dora: Tento estar sempre presente, mesmo quando ele me afasta e diz que é um assunto dele. Tento fazer-lhe ver como a vida ainda lhe pode sorrir, de como tudo lhe pode dar uma nova visão (melhorada) do que o rodeia... mas acredita que é difícil ;) Bjs
De ridufa a 11 de Junho de 2004 às 02:52
o5elemento: "Nunca antes do tempo" :) Acho que como tu dizes... há alturas para tudo na vida... e não devemos ser nós próprios a determinar o seu fim... essa é a tarefa do destino, ou para quem acredita (not my case), de Deus. Bjs
De MWoman a 11 de Junho de 2004 às 00:52
Não deixes de estar ao seu lado mas tal como já li aqui, mantém-te calma, para que o(a) possas ajudar!Beijinhos
De sosblogamigo a 10 de Junho de 2004 às 15:24
Espero,riduta, que consigas estar tão perto de quem deseja a morte, que o faças sentir a chama do teu amor.


sosblogamigo


De Dora a 10 de Junho de 2004 às 02:03
Ridufa, pelo que tenho observado, quem trilha esses caminhos encontra-se numa espécie de autismo, onde apenas descortina a sua imensa dor.
Fala com essa pessoa. Mostra-lhe que estás presente. Diz-lhe que se não a tivesses conhecido a tua vida teria menos uma estrela. Escuta-a. E, muito importante: dentro do possível, preserva-te minimamente porque só assim poderás derramar serenidade. Um beijinho :-)
De o5elemento a 9 de Junho de 2004 às 23:37
{momento que não quero provar}{momento que não compreendo?! ou sim?!}{julgar? ajudar? não sei...}{sentimos todos coisas diferentes...}{mas afinal porque nascemos? -para vivermos... penso... deixar semente (ter filhos)... sentir a vida até ao limite}{depois sim morrer}{NUNCA antes do tempo}{beijos*** e bom feriado}
De ridufa a 9 de Junho de 2004 às 17:47
Maria: Não consigo imaginar o que pode levar uma pessoa a pensar em matar-se. Acho que é um caminho solitário, doloroso, em que não se vê outra saída senão esse triste fim. :( Bjs
De ridufa a 9 de Junho de 2004 às 16:49
MARTA TEIXEIRA: Acho que sabe o porquê... mas a questão é que não sei se encaro isto como uma questão de coragem ou de cobardia... adorava poder ajudá-lo... ;) Bjs

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds