Quarta-feira, 20 de Julho de 2005
Jogo de escondidas
...Tristeza sentem aqueles que mais sorriem...

[Quando sorrisos escondem sentimentos mais profundos...]
publicado por ridufa às 11:44
link do post | comentar | favorito
|
24 comentários:
De ridufa a 25 de Julho de 2005 às 14:12
Silvia: São como uma luz que se recusa a apagar ;) Bjs
De Silvia a 25 de Julho de 2005 às 11:36
e esses sorrisos não são uma farsa. são só a luz de uma vela numa caverna escura.
De ridufa a 25 de Julho de 2005 às 08:40
MWoman: E de sentimentos escondidos vivemos, por entre sorrisos e lágrimas... quais deles mais reais... ;) bjs
De ridufa a 25 de Julho de 2005 às 08:39
Rakel: Todas as pequenas e simples coisas da vida dariam texto para muito tempo... são essas as coisas com que nos identificamos, que sentimos, que vivemos ;) Boa sorete para o novo cantinho. Bjs
De ridufa a 25 de Julho de 2005 às 08:37
†Aeterna†Doloris†: Nem que seja um escudo contra a "maldade maior"... ;) Bjs
De ridufa a 25 de Julho de 2005 às 08:35
Daniel Aladiah: ;) Bjs
De MWoman a 24 de Julho de 2005 às 17:04
Muitos, ridufa, escondem muitos! Mas um sorriso é sempre um sorriso e contagia!Um beijo* e um sorriso :) para ti.
De Rakel a 23 de Julho de 2005 às 20:06
Como voltei a criar um blog, e resolvi comentar o teu, adoro a maneira que consegues envolver quem lê.

Sobre este texto, é a pura realidade. E eu identifico-me bastante com isso. É a mais pura verdade. Não sei se é defeito ou uma virtude, mas ter a capacidade de sorrir e guardar cá dentro toda a tristeza só nossa é algo complicado e muito complexo para se explicar.

beijos **
De AeternaDoloris a 23 de Julho de 2005 às 00:47
No entanto se a capacidade de sorrir não esmorecer, será sempre um sinal de força e uma pequena vitória contra a maldade maior :)
De Daniel Aladiah a 22 de Julho de 2005 às 15:56
Querida Ridufa
Nem mais...
Um beijo
Daniel

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds