Domingo, 17 de Abril de 2005
Escolhas
Nem o passar das horas
Dos dias que demoras...
Nem o soltar de histórias
Que contas em memórias...
Nem o tempo que perdes
Naquilo que disperdes...
Nem a emoção que sentes
Na alegria que consentes...

... torna mais fácil o passar da vida que escolhes viver.
publicado por ridufa às 00:00
link do post | comentar | favorito
24 comentários:
De ridufa a 18 de Abril de 2005 às 19:16
Carriço: Talvez tenhas razão... porque também a forma como as encaramos é uma escolha ;) bjs
De ridufa a 18 de Abril de 2005 às 19:15
cacau: Obrigada pelo apoio... o teu canto também já merece uma visita. Vamos lá ver se arranjo um tempinho ;) bjs
De ridufa a 18 de Abril de 2005 às 19:14
Betty: Essas são as escolhas mais perigosas, as que nem damos por escolher ;) Bjs
De Carrio a 18 de Abril de 2005 às 19:05
As escolhas não... mas a diposição com que se encara cada escolha, acho que sim! Às vezes!
:)

Saudações
De cacau a 18 de Abril de 2005 às 18:12
"Nem o passar das horas
dos dias que demoras...
nem o soltar de histórias
que contas em memória..."

Tinha saudades de te ler neste teu espaço. Continuas a escrever lindamente!!

Beijo,

Cacau

De Betty a 18 de Abril de 2005 às 16:57
A cada minuto fazemos escolhas, mesmo quando parece que não. Beijokas :)
De ridufa a 18 de Abril de 2005 às 11:56
Antonio: Fazê-lo diariamente, dia-a-dia ;) Boa semana. Bjs
De Antonio a 18 de Abril de 2005 às 10:19
Vou então alvitrar/ para a vida bem passar/ sem a presença irritante/ deste pensar constante/ Basta viver claramente/ e fazê-lo diariamente. Bjs. Boa semana.
De ridufa a 18 de Abril de 2005 às 10:05
paulo povoa: Ainda bem que escolheste viver, em vez de deixar a vida passar ;) Tentarei visitar-te brevemente. Bjs
De paulo povoa a 18 de Abril de 2005 às 09:56
A vida é como o oceano, é enorme e nunca sabemos onde irá dar.
Temos é de aproveitar a vida da maneira que pudermos e algumas vezes da maneira que gostamos se isso conseguirmos fazer.
Eu perdi muito tempo da minha vida por preguiça, mas agora tenho responsabilidades e uma mulher que amo muito.
Posso não fazer aquilo que gosto, mas gosto de viver da maneira que vivo e com quem vivo.
Mas uma coisa sempre vou gostar, vir aqui dizer-te umas palavrinhas, e escrever algumas no meu cantinho.
Vê se apareces lá de vez em quando para me deixares umas palavrinhas ;)

Beijocas linda vela da escrita :)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds