Terça-feira, 1 de Novembro de 2005
Quisera saber quem sou
Quisera saber quem sou
O que me move... o que me chama...
Punhado de lágrimas que chove e ama

Quisera saber quem sou
Ninguém sabe... ninguém descobre
Gomos de sorrisos que cabe e cobre

[... Quisera saber quem sou ... e ao mesmo tempo não...]
publicado por ridufa às 11:56
link do post | comentar | favorito
22 comentários:
De Miguel a 11 de Novembro de 2005 às 20:22
"Quisera saber quem sou" – A revelação interior pode sempre ser dúbia e incompreensível. Daí o teu remate "Quisera saber quem sou... e ao mesmo tempo não..." Um perfeito terminus.
Beijinho, Rita...
.
.

De paulo povoa a 11 de Novembro de 2005 às 15:40
eu cá não tenho vindo, e agora venho e te digo assim:

Quiseras saber quem és
E por outro lado talvez não
mas tens na terra assentes os pés
e na escrita o coração

eu sei quem és
pelo menos no meu coração
és a luz de uma vela
que escreve com paixão
De ridufa a 7 de Novembro de 2005 às 08:21
Cris: Comentário muito romântico... :) bjs
De Cris a 6 de Novembro de 2005 às 18:12
Há sempre alguém destinado a descobrir-nos... quer nós queiramos ou não... Jinhos :)
De ridufa a 5 de Novembro de 2005 às 23:49
Daniel Aladiah: Vou passando... vou lendo... saboreando cada momento ao sabor do vento... que também aqui te soube trazer ;) Bjs
De ridufa a 5 de Novembro de 2005 às 23:45
Maria do Céu Costa: A intensidade mede-se pela curiosidade... de saber mais apenas porque sim ;) Bjs
De Daniel Aladiah a 5 de Novembro de 2005 às 20:29
Querida Ridufa
Quisera saber quem és... pouco falas, nem sei se apareces, mas eu por cá vou passando :)
Um beijo
Daniel
De Maria do Cu Costa a 4 de Novembro de 2005 às 22:35
Intenso este sentir que transmite o poema.
"Quisera saber quem sou
O que me move... o que me chama..."
Beijinhos.
De ridufa a 4 de Novembro de 2005 às 07:39
António: Tempos de espera, de incerteza, de dúvida, de contemplação... que encontres o teu caminho... conhecendo melhor quem és ;) bjs
De Antnio a 4 de Novembro de 2005 às 07:07
Quisera eu saber quem sou...quisera eu saber o que faço aqui neste lugar de espera onde na vida te perdi. bj.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Mundo (In)visível

. Improvisos do momento

. Achas que ninguém sente.....

. Achas que ninguém vê...

. Falha de comunicação

. Até um dia

. A cor do dia em que parti

. Alma nos montes

. Quando os olhos fecho

. Memórias

.arquivos

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

blogs SAPO
.subscrever feeds